Propaganda

Artigos

SoftBank lança fundo de US$100 milhões para investir em empreendedores negros

Fundo de Oportunidade para o Crescimento é o maior da categoria, e foi criado com foco nas comunidades negra e latina dos Estados

Em meio à onda de protestos nos Estados Unidos, e em vários outros países, incluindo o Brasil, provocada pela morte de George Floyd pela polícia de Minnesota, o SoftBank anunciou um novo fundo de investimentos para apoiar empreendedores negros. De acordo com um comunicado interno do diretor de operações da companhia, Marcelo Claure, CEO do SoftBank International, o Opportunity Growth Fund – Fundo de Oportunidade para o Crescimento – “investirá apenas em empresas lideradas por fundadores e empreendedores de cor”.

Momento conturbado para o SoftBank

O lançamento acontece no momento em que o SoftBank foi fortemente atingido por polêmicas internas envolvendo questões raciais. No início de maio, o CEO e fundador da Banjo, uma das empresas que fazem parte do portfólio da companhia japonesa, renunciou ao cargo depois que uma reportagem revelou seu envolvimento em uma ação da Ku Klux Klan em 1990.

Antes do problema com a Banjo, outros casos já haviam levantado questionamentos sobre o portfólio do SoftBank, como as altas apostas feitas em empresas como Uber e WeWork e que, até agora, não deram frutos. Ao que tudo indica, agora, a empresa começa a caminhar na direção correta. Além de Marcelo, o Fundo de Oportunidade para o Crescimento será co-liderado por Shu Nyatta. Ao Whow!, ela disse que todos estão “muito empolgados com esta nova iniciativa”, mas que só compartilharão mais informações sobre o novo fundo quando os investimentos começarem a ser feitos.

Conscientização crescente
O fundo começará a operar inicialmente com US$ 100 milhões, e poderá receber mais aportes com o tempo. O movimento do SoftBank para para promover atividades de investimento mais diversificadas e inclusivas vem ganhando fôlego. No mês passado, a empresa lançou, em parceria com o WeWork Labs, o Emerge, um programa virtual de aceleração para fundadores sub-representados. Ainda assim, a falta de diversidade e inclusão continua sendo um problema no portfólio da companhia.

Como o próprio SoftBank aponta, atualmente apenas 1% dos fundadores apoiados por VCs são negros, com a grande maioria dos investimentos em startups fundadas por homens. Em seu memorando, o CEO do SoftBank International afirma que, no Fundo de Oportunidade para o Crescimento, não serão cobradas as taxas de administração tradicionais, e que metade de seus ganhos será reinvestida em programas subsequentes com objetivos semelhantes.

A empresa também informou que vai doar parte do valor arrecadado a organizações que apoiam pessoas negras.

262 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail