Propaganda

Artigos

Em tempos de adversidades, é preciso reinventar-se

Criado em 2021, aplicativo Finpli dribla a crise e facilita a troca de produtos entre pessoas pela sua proximidade é um case de empreendedorismo

Empreender sempre foi um desafio no Brasil, e com a crise sanitária acarretada pela covid-19, essa iniciativa se tornou ainda menos atraente. No setor de tecnologia, em especial, ao desenvolver uma solução escalável, que atenda com excelência, de forma simples e fácil, a necessidade de um público expressivo, as chances de sucesso aumentam exponencialmente.

Este ano foi lançado o Finpli, aplicativo que facilita a troca de produtos entre pessoas pela sua proximidade, usando sistema de geolocalização – uma alternativa para quem quer fazer os objetos circularem, mas não quer investir dinheiro em novos objetos. A ideia inicial dos sócios era um projeto de varejo físico, mas a medida de isolamento social fez com que o escopo mudasse ao longo do percurso. Cancelar um projeto prestes a ser lançado foi uma decisão difícil de ser tomada, o tempo para se reinventar e pensar em outra solução era curto, mas ainda assim, havia esperança de driblar a crise e prosperar.

Historicamente, a troca de produtos sem envolver dinheiro é uma prática realizada há séculos, conhecida por escambo, porém, com a tecnologia embarcada nos smartphones hoje em dia, o processo de encontrar e gerar novas oportunidades de negócios nessa modalidade tornou-se muito mais fácil.

Marcelo Kume, um dos sócios do Finpli tem um know-how de cerca de 20 anos no mercado de desenvolvimento web e é responsável por toda a tecnologia do aplicativo. Para começar, foi necessário um estudo de mercado e comportamento do público que busca por negócios à base de trocas, e foi identificada a carência de uma plataforma específica para essa modalidade de negócio.

O Finpli foi desenvolvido para ser gratuito e fácil de usar, inspirado em aplicativos de relacionamento. A busca por proximidade se deu ao descobrir que grande parte das pessoas que realizam trocas dão preferência por opções mais próximas. Custos de transporte podem inviabilizar trocas quando os produtos envolvidos têm baixo valor.

Luiz Fernando Gerber começou a empreender aos 35 anos de idade com o Finpli. O projeto está indo bem, muito acima das expectativas planejadas desde o começo. Foi criado um plano de negócios que está sendo cumprido à risca, e, por isso, o sucesso está sendo alcançado. Não há pressa em começar a monetizar o aplicativo, a preocupação é aprimorar a experiência para, em 2022, promovê-lo em novas regiões do país.

A capacidade de se reinventar em tão pouco tempo foi determinante para o sucesso do aplicativo. A crise sanitária, que tinha atrapalhado os planos com o projeto anterior, revelou uma ótima oportunidade, pois o mercado de trocas tende a crescer em momentos de crise econômica.

Empreender é estar atento a novas oportunidades e também disposto a correr riscos. Sua vida vira uma roda gigante diária de emoções, em que a adrenalina vira combustível para realizar o sonho. Há muitas decepções, muitas alegrias, mas também algumas frustrações. O mercado de startups é dinâmico e de alto risco, porém, quanto maior o risco, maior é o retorno. Se há competência e tecnologia para desenvolver, é preferível arriscar do que nos arrepender-se no futuro por não ter tentado.

Marcelo tem formação na área de TI e Luiz em Marketing, duas áreas imprescindíveis para uma startup de tecnologia. Mas, independente do setor que você pretende empreender, é preciso pesquisar o mercado, estudar seu público-alvo e descobrir quais são as necessidades do segmento. Quando for testar o seu produto ou serviço, ouvir críticas e os elogios.

“Um dos segredos é encarar o empreendimento sob a ótica do consumidor e as chances de errar serão menores”, Luiz Fernando, CEO da Finpli.

Sobre o Finpli

Fundado em 2021, o Finpli é um aplicativo que facilita a troca de produtos entre pessoas pela sua proximidade, usando sistema de geolocalização. Criado para atender a alta demanda de pessoas que desejam trocar produtos e serviços, em vez de vendê-los. O conceito da empresa é “experimente o Finpli, quem sabe você encontra alguém que tem o que você quer e aceita trocar por algo que você não usa mais”. No Finpli as pessoas podem trocar de tudo. O aplicativo ajuda as pessoas a encontrar as melhores oportunidades entre produtos e serviços. Saiba mais em www.finpli.com

87 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail