Propaganda

Artigos

Dicas finais de 5 executivos que já fizeram bastante Black Friday

Plataforma de e-commerce Loja Integrada recrutou seus líderes de peso para dar dicas finais para diversas áreas: da tecnologia aos meios de pagamento, passando pelo engajamento do time e ações nas redes sociais

A Black Friday 2021 se aproxima e acontece na próxima sexta-feira, dia 26 de novembro. De acordo com levantamento da Loja Integrada, responsável pela maioria das lojas virtuais de pequeno e médio porte que operam hoje no Brasil – segundo o Built With, portal que mede o desempenho das tecnologias e das plataformas de e-commerce – com mais de 2,5 milhões de lojas criadas, 62% dos pequenos e médios lojistas que atuam no comércio eletrônico estão otimistas para o saldão de sexta e já finalizam os últimos preparativos para as 24 horas de ofertas.

Só para se ter uma ideia, na Black Friday do ano passado os pequenos e médios lojistas da plataforma faturaram mais de R$20 milhões. Em 2019, a plataforma registrou durante as 24 horas de ofertas faturamento de R$ R$ 11 milhões – um crescimento de 73% em faturamento se comparado com 2020, com destaque para recorde no número de pedidos também.

Para especialistas do setor, a digitalização dos negócios já é realidade para quem quer vender e para quem quer comprar e por isso a Black Friday deste ano promete bater recordes de número de lojistas maduros, lojistas de primeira viagem e compradores.

Reunindo um time de líderes de peso que já fizeram bastante Black Friday e como forma de democratizar o acesso à informação de qualidade que a Loja Integrada separou dicas para ajudar os lojistas a se prepararem para essa reta final, confira:

Revise seus meios de pagamentos

Para Renato Lahud, ex-PayPal e diretor da área de pagamentos da LI, a Black Friday para o lojista começa muito antes da própria sexta-feira. É preciso muita organização, planejamento, definição de metas, entre outras ações.

O executivo destaca pontos importantes com relação aos meios de pagamentos de quem vende online: “Alinhe a expectativa de crescimento com seu parceiro de pagamento para que eles possam entender o que será um volume esperado e não fraude. Além disso, este é o primeiro ano que teremos o uso do PIX. Estimule o uso do Pix e/ou Cartão de crédito, que possuem uma experiência melhor, taxas de aprovação melhores e um prazo de resposta mais rápido. Outra dica é  oferecer condições de parcelamento atrativas para os clientes, de modo que possam aumentar o Ticket Médio da compra”, explica.

Ser simples é poderoso

Para Alexandre Fumes, líder de tecnologia da Loja Integrada, em um momento como este, onde existe um volume muito grande de acessos nas lojas e picos de compras, uma dica é se atentar aos excesso de extensões e integrações com parceiros, inventar muito a roda, faltando pouco tempo para a Black Friday, pode gerar alguns problemas inesperados ao lojista.

“Entre as principais dicas relacionadas a usabilidade e tecnologia podemos indicar apostar em interface simples, sem muitas extensões e com layouts leves para o usuário não se perder na jornada de compra e a página não ficar lenta, podendo fazer com que consumidores desistam da compra. Nessa reta final, fazer testes pode garantir com que tudo corra bem”, comenta.

Redes sociais como canal de vendas e relacionamento

Para Alfredo Soares, VP da VTEX e Presidente da Loja Integrada, as redes sociais são ferramentas que devem ser parceiras dos lojistas durante a Black Friday.

“O Instagram se tornou a Rede Social com maior engajamento e, com ela, o lojista consegue falar direto com seu consumidor – inclusive em tempo real. É possível criar anúncios direcionados, anúncios por Hashtags e outras inúmeras ações que tem ajudado o empreendedor digital a se destacar na internet. A ferramenta se tornou a principal aliada de quem vende online e, por isso, será destaque também nessa Black Friday”.

Promova boa experiência ao usuário para ele voltar

Para Pedro Henrique de Freitas, CEO da LI, qualidade da entrega, atendimento rápido e bom serviço de pós-venda são aspectos que promovem uma boa experiência de compra, proporcionam mais confiança ao usuário e ajudam a transformar o consumidor da Black Friday em um cliente permanente da loja. “Uma dica importante é fazer uma campanha que estimule o retorno do cliente após a data. Quem comprar na loja durante a Black Friday recebe um desconto na próxima compra, por exemplo, com prazo de validade. Comunique-se com o cliente, lembre-o sobre o desconto para que ele volte à sua loja virtual”.

Apoie seu time

Natália Lopes, responsável pela área de Experiência de Colaboradores na Loja Integrada, explica que a data exige maior empenho de todos que atuam com comércio eletrônico e por isso é preciso um apoio maior por parte das empresas.

“Nesta data é comum que os profissionais da área trabalhem mais do que o normal, principalmente para dar atenção total ao cliente. É importante demonstrar que essa dedicação desses colaboradores é essencial e valorizá-los, seja em palavras, folga ou mimos, mas reforce o quanto essas pessoas fazem parte da empresa e o quanto é importante a data para todos. Aqui na LI criamos diversas ações e achamos de extrema importância para realizarmos uma Black Friday de sucesso”, comenta.

“Outra forma legal de engajar as pessoas a trabalharem mais motivadas nesse tipo de evento, é fazer uma espécie de gamificação ou competição, onde se determina alguns marcos durante o plantão, por exemplo, e quem for atingido vai ganhando pontos e no final pode ser feito um evento de comemoração desta data com uma premiação. Isso funciona tanto para quem atua com tecnologia, como nós, quanto para o lojista, que pode criar engajamento para seu time”, finaliza.

A Loja Integrada é uma plataforma que oferece recursos para a criação de lojas virtuais de maneira prática e intuitiva, com opções de temas e serviços adicionais, além de parcerias com meios de pagamentos e envios. A empresa tornou-se uma das maiores plataformas gratuitas da América Latina. Recentemente, lançou ao mercado seu rebranding, que muda não só a identidade visual, mas também o posicionamento e a linguagem da marca, que agora é mais humana, empática e diversa.


55 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail