Propaganda

Artigos

Coop Abre Lojas Dentro de Operações do Grupo Big

Um dos principais projetos da Coop – Cooperativa de Consumo para 2020 é a abertura de 21 drogarias dentro de lojas do Grupo Big, que possui bandeiras como Maxxi Atacado, Big e Sam’s Club. A companhia, que recentemente anunciou o encerramento da gestão de suas farmácias, receberá as Drogarias Coop em unidades localizadas em cidades paulistas como Cotia, Osasco, Catanduva, Ribeirão Preto, Sorocaba, Presidente Prudente e São Paulo. “Trata-se de uma operação de locação de espaços dentro das galerias do Grupo Big, não envolvendo compra de ativos nem de marca”, afirma Márcio Valle, presidente executivo da Coop, em coletiva de imprensa online. O contrato tem duração de dez anos e, segundo Valle, amplia a visibilidade e os limites geográficos da Cooperativa.

Novos Projetos

Em maio, a Coop iniciou o funcionamento de um novo centro de distribuição no estado de São Paulo. O objetivo é centralizar as operações e desativar o CD de Utinga, bairro de Santo André (SP). A estrutura triplica a capacidade de armazenagem da rede e visa comportar a expansão de seus dois negócios – drogarias e supermercados. A bandeira varejista já tem cinco novas lojas aprovadas, previstas para 2021. Além de unidades em tamanhos menores, a estratégia de expansão dos supermercados é direcionada às regiões onde a Coop já atua. A rede também investe em uma nova identidade de marca, evolução do serviço de retirada de pedido em loja, reestruturação do sistema de gestão e redução da área de eletro nos supermercados, dando lugar a Espaços Swift e seções de perecíveis. Outro projeto que faz parte dos estudos da Coop é a instalação de lojas dentro de condomínios.

Resultados de 2019

No ano passado, a Cooperativa registrou crescimento de 5,3%, em relação a 2018, no segmento de varejo alimentar. Nas drogarias, a alta foi de 11,6%. Foram inaugurados seis drogarias e um supermercado, além de 10 revitalizações. O Ebitda, no entanto, teve queda de 20%, influenciada pelo aumento das despesas e pela inflação, segundo a rede. Os supermercados, que em 2018 tinham 83% de participação no negócio, representaram 82% em 2019. As drogarias subiram de 16% para 17%, enquanto os postos de combustíveis mantiveram 1%. Segundo Valle, a continuidade da operação dos postos, considerada como atividade complementar para a rede, será avaliada. Apesar das altas vendas durante a pandemia, a Coop prevê que os resultados anuais ficarão abaixo da expectativa, por conta do aumento dos custos.

120 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail