Propaganda

Artigos

1,8 bilhão de e-mails serão enviados pelas PMEs na Black Friday, revela estudo inédito

Especialistas dão dicas para fazer um e-mail marketing efetivo, de forma que ele não seja ignorado ou caia na caixa de spam dos usuários

A RD Station acaba de realizar um amplo estudo sobre o papel do e-mail marketing na Black Friday. Entre as conclusões estão que o número de e-mails enviados no período da Black Friday deve crescer 29% em 2021. Em 2020, foram enviados mais de 1,4 bilhão de e-mails durante o mês de novembro somente entre os 35 mil clientes da RD Station. A previsão é alcançar 1,8 bilhão em 2021 e mais de 2 bilhões em 2022.

Mas tem muito mais:

  • Afinal, a taxa de abertura de e-mail aumenta ou diminui durante a Black Friday?
  • Qual é o melhor horário para enviar um e-mail? E qual é o melhor dia?
  • Qual é o comportamento das empresas com o envio de e-mail Marketing no mês da Black Friday, com o comparativo semana a semana?

Afinal, novembro = Black Friday = Mais e-mails na sua caixa de entrada.

Separei alguns highlights do estudo inédito abaixo, bem como algumas dicas e um super infográfico com os principais dados e insights.

Analisando a base de dados do RD Station Marketing, que conta com mais de 35 mil clientes, ficou claro o comportamento das empresas e usuários se repete ano a ano: o mês de novembro tem sempre o maior pico no número de e-mails enviados. E esse comportamento tem um culpado com nome e sobrenome: Black Friday!

Em novembro de 2019:

  • Mais de 1 bilhão e 25 milhões de e-mails foram enviados no mês da Black Friday;
  • Foi a 1º vez que clientes RD Station Marketing enviaram juntos mais de 1 bilhão de e-mails;
  • Crescimento de 31,1% em relação à média do 3º trimestre (julho a setembro) e de 9,58% na comparação com o mês anterior (outubro).

Em novembro de 2020:

  • Mais de 1 bilhão e 433 milhões de e-mails foram enviados no mês;
  • Crescimento de 39,79% na comparação com o ano anterior;
  • Crescimento de 20,69% em relação à média do 3º trimestre (de 1,1 bilhão para 1,4 bilhão) e de 24,15% na comparação com o mês anterior (outubro).

Existem alguns motivos que explicam esse crescimento de praticamente 40% em 2020. Tivemos uma cadeia de ações que aconteceram no mercado e que, juntas, levaram mais empresas a usarem os canais digitais para realizarem suas ações de Marketing:

Pandemia

Necessidade de vender no online

Transformação Digital

Aumento no uso dos canais e estratégias de Marketing Digital

Mais empresas contando com e-mail Marketing

Na pesquisa Panorama PMEs, realizada pela RD Station junto com Endeavor Brasil e Pequenas Empresas Grandes Negócios, logo no início da pandemia de 2020, 70,9% dos respondentes consideraram que melhorar Marketing e Vendas era o tópico mais relevante no momento.

Combinando esse resultado com os 85,3% que destacaram a necessidade de testar novas estratégias para o negócio, houve um crescimento significativo das empresas investindo em novos canais e estratégias para superar o período de crise. E na lista dos mais relevantes e efetivos: e-mail Marketing.

Mas, qual a previsão para 2021? Com base nesse histórico de resultados, a equipe da RD Station fez a previsão para 2021: alcançar mais de 1 bilhão e 850 milhões de e-mails enviados durante todo o mês de novembro.

Quanto mais perto da Black Friday, mais e-mails são enviados? Sim, a Black Friday no Brasil acontece tradicionalmente na última sexta-feira do mês de novembro (em 2021 será no dia 26 de novembro), mas o período de promoções pode começar bem antes.

Há empresas que já comunicam seus descontos e colocam ofertas durante todo o mês de novembro. Você com certeza já viu termos como Black November, Novembro Black, Esquenta Black Friday, Black Week e por aí vai.

Pensando nisso, como será o comportamento quando falamos do envio de e-mail nesse grande dia? Será que esse aumento que vemos no mês de novembro acontece só por conta do dia anterior e do próprio dia da Black Friday?

Será que esse é o comportamento normal das empresas que trabalham com e-mail Marketing? Como acontece esse fluxo de envios nos meses anteriores? Ao observar o comportamento de envio de e-mail nos outros meses do ano, vimos que ele é bem diferente na comparação com novembro. Nos demais meses, a variação semana a semana é menor, com a primeira e a última semana do mês apresentando um número maior de envios. É possível afirmar, portanto, que a semana que conta com o dia da Black Friday é aquela que consegue puxar o resultado do mês para cima.

Afinal, a taxa de abertura de e-mail aumenta ou diminui durante a Black Friday? Uma das consequências desse aumento no uso do e-mail para comunicar ofertas e descontos é que, pelos dados de uso do RD Station Marketing, em novembro nós temos a menor taxa de abertura média do ano: 11,7%. Na prática, há uma variação pequena quando comparamos a média de taxa de abertura por mês, mas podemos destacar essa queda justamente no período da Black Friday. Se temos mais e-mails enviados, logo a concorrência na caixa de cada usuário é maior e fica mais difícil conquistar a atenção do público.

Mas, para fazer um e-mail marketing efetivo, que não seja ignorado e que não caia na caixa de spam dos usuários, é importante seguir algumas boas práticas, certo? Pensando nisso, separamos 4 dicas, além do básico, de especialistas para que a sua empresa ou marca se destaque na suas campanhas de e-mail marketing.

  1. Faça um repique do seu e-mail Marketing para garantir mais aberturas

Você sabia que, do total de e-mails que são abertos, 75% das aberturas acontecem dentro das primeiras 24 horas depois do envio?

  • Dos e-mails abertos, 27% são lidos na mesma hora do envio;
  • Entre esses e-mails, 50% são abertos em até 4 horas após o envio;
  • 24 horas após o envio, 75% dos e-mails são abertos;
  • Uma semana depois, 92% dos e-mails são abertos.

Com esses dados, o Douglas Cruz, analista de Marketing da RD Station, traz uma dica fundamental para melhorar seus resultados: fazer um repique das suas campanhas.

“O repique nada mais é que um envio seletivo daquele conteúdo”, explica Douglas. Para ele, existem diferentes ações a serem executadas dependendo do objetivo de um reenvio. “Se você vai mandar para quem não abriu, precisa mudar o assunto porque provavelmente o primeiro não foi atrativo. Mas quando o reenvio é para quem abriu e não clicou, talvez seja necessário mudar o conteúdo, posicionamento dos CTAs, ou até reestruturar a ordem do conteúdo”.

  1. O ideal é focar em assuntos de e-mail que chamem atenção

Olhando para a taxa de abertura dos e-mails enviados com o RD Station Marketing, vimos que existe uma tendência de queda para assuntos mais longos. A partir de 90 caracteres, a média de abertura fica abaixo de 12%.

Segundo João Cardozo, especialista em e-mail e Automação de Marketing na RD Station e responsável por estratégia de e-mail marketing, usar a criatividade é a chave para conseguir chamar a atenção no assunto dos seus e-mails.

  1. Seja pessoal e personalize a comunicação por e-mail

Aline Vilela, produtora de Conteúdo da Take Blip e responsável por escrever os e-mails da empresa, também compartilhou algumas dicas para as empresas que usam ou querem começar com a estratégia de e-mail marketing.

“A primeira coisa que eu aprendi sobre e-mail Marketing é que abrimos mais e-mails de outras pessoas do que de empresas. Por isso, minha dica é escolher uma pessoa real para ser o remetente dos seus e-mails. Segundo, a personalização do assunto do e-mail é fundamental. Tem gente que acha que isso é besteira, mas ao adicionar nomes e emojis nos assuntos dos meus e-mails, eu vi minhas taxas de abertura subirem”, afirma Aline.

  1. Envie a mensagem certa para a pessoa certa

Apesar de parecer uma dica básica, ainda é pouco explorada pelas empresas. É aquela história: não adianta enviar uma oferta de geladeira para quem acabou de comprar uma novinha, ou entregar um desconto em ferramentas para quem busca contratar um serviço de reforma.

A chave para entregar a mensagem certa é focar na segmentação, ou seja, enviar o e-mail para um público-alvo específico que esteja interessado no que está sendo oferecido. Para uma segmentação gerar resultado em uma campanha de e-mail, é necessário a junção de três fatores:

  1. Informação: sem informação, não há segmentação. Já com ela em mãos, você conseguirá se comunicar de forma segmentada e correta com cada Lead;
  2. Processo: quando temos informações sobre a base de Leads, é sempre melhor fazer uma oferta específica para um público bem segmentado;
  3. Tecnologia: um bom software automatiza esse processo e aumenta o seu potencial de gerar resultados e de melhorar a produtividade do time de Marketing.

Infográfico: o que aprendemos até aqui sobre E-mail Marketing na Black Friday

Aqui você viu números, informações e dicas. É bastante coisa pra guardar então nada melhor do que um resumo de tudo, não é mesmo?

Por isso preparamos um infográfico completo com este resumo:

32 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail