Propaganda

Artigos

Um toque de casa

Profissionais dão dicas para quebrar a rigidez dos ambientes comerciais e trazer aconchego e descontração na medida certa, criando um clima agradável para colaboradores e clientes

É importante que o ambiente dedicado aos negócios e ao trabalho seja mais sóbrio e formal, no entanto, nada impede que ele tenha um toque, ainda que sutil, de cor, texturas e outros elementos que podem trazer um clima de aconchego. Para que clientes e colaboradores se se sintam à vontade nos espaços comerciais, aquele conforto presente nos ambientes residenciais deve ser incorporado a esse tipo de projeto.

“A utilização de leves texturas e tecidos, como cortinas e almofadas com estampas, podem dar ao ambiente comercial um toque sutil de descontração e aconchego. Pode-se, por exemplo, ousar com estampas em poltronas e alguns adornos coloridos, assim, quebra-se a rigidez desse tipo de espaço”, ensina a designer de interiores Laura Santos.

As arquitetas do escritório Óbvio Arquitetura, Luciana Araújo e Nathália Otoni, enumeram outras estratégias que podem fazer a diferença na hora de criar um ambiente comercial mais ameno: “Iluminação especial e de efeito, além de um layout inovador — com áreas de estar e entretenimento — são artifícios muito eficientes na concepção de ambientes de trabalho mais agradáveis e motivadores”.

De acordo com as profissionais da Óbvio Arquitetura, a organização do espaço também é importante para criar esse clima mais leve e menos frio nas empresas. “A organização do espaço, antes rígida e compartimentada, recebe bancadas e estações de trabalho compartilhadas com amplas aberturas e divisórias permeáveis”, observam Luciana e Nathália.

Outro fator que pode mudar totalmente o aspecto do ambiente e trazer uma nova roupagem aos espaços comerciais são as cores. “O verde claro é uma cor excelente para ambientes comerciais. Além de ser uma cor que não pesa, ela transmite relaxamento. O tom da madeira também é uma ótima cor. Pode-se usar essas alternativas sem precisar abrir mão do preto, que pode aparecer no mobiliário, mantendo a sobriedade do local”, destaca Laura.

O papel de parede é mais um recurso que também pode ser explorado para romper com a frieza típica dos espaços comerciais. “O papel floral, por exemplo, traz uma sensação de acolhimento e isso leva, subjetivamente, à maior interação entre o cliente e colaboradores”, conta Michele Salvador, da loja Objeto Design, especializada em papeis, armários planejados.

Se o papel de parede floral faz com que os clientes se sintam mais à vontade, o que dizer, então, de quem trabalha e passa grande parte do seu dia na empresa? “A beleza e a delicadeza das formas encontradas nesse tipo de papel traz um sentimento de calor humano, de se sentir em casa, e isso gera, de forma mais nítida, conforto e bem-estar para os colaboradores da organização”, encerra Michele.

image001

Foto: Osvaldo Castro
Para a recepção do Sindicato dos Engenheiros de MG, a designer Laura Santos especificou cortina com tecido leve, adornos diversos e poltronas com estampa diferenciada. Tudo isso deixou o espaço corporativo mais acolhedor

image002

Foto: Rodrigo Marcandier

Nessa clínica de estética, as arquitetas do escritório Óbvio Arquitetura lançaram mão da madeira para trazer mais conforto e aconchego aos pacientes

image003

Foto: Osvaldo Castro
Nesse projeto comercial, a seriedade é quebrada com o toque delicado do papel de parede da loja Objeto Design

373 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail