Propaganda

Artigos

Menor poder de compra do brasileiro deve influenciar nas estratégias comerciais para 2016

Neste ano, o poder de compra do trabalhador teve queda de 3,5%, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso significa menos dinheiro no mercado e faz com que o empresário tenha que redobrar as suas estratégias para que o desempenho financeiro da corporação permaneça de forma estável.

A divulgação do índice será norteadora para as avaliações corporativas anuais,geralmente realizadas durante o último trimestre – momento onde também é elaborado o planejamento do próximo ano. Para André Silva, palestrante e consultor de vendas, é essencial que as entidades tracem estratégias que equilibrem os interesses das empresas com o contexto dos consumidores. E, que com base neste cenário, o empresariado possa visualizar o seu desempenho e em quais áreas deverá aprimorar-se para se manter firme no mercado.

“O importante é que o gestor consiga perceber o que não deu certo e possa reconstruir o seu modelo de gestão, caso precise. O próximo passo é mudar radicalmente de atitude”, explica Silva. Ainda de acordo com o especialista,devido a situação de mercado mais retrancado, é normal que o empresário sinta-se receoso para investir em mudanças, no entanto, ele afirma que sair da zona de conforto é inevitável para o crescimento dos negócios. “É na recessão que nascem as melhores ideias. O administrador deve abrir a ‘caixa’ e enxergar as oportunidades existentes”,salienta.

Essa tal “caixa” a que André Silva se refere pode ser entendida como um conjunto de potencialidades do próprio negócio e de mercado que devem exploradas. “Com a menor circulação de dinheiro, as empresas devem aprender a se planejar, a fazer mais com menos recursos, a trabalhar com foco em resultados, otimizar o tempo dos funcionários,
além de qualificar e reconhecer o seu colaborador. É hora do empresário parar e refletir o que será feito daqui para a frente”, conclui.

O especialista

Há dez anos, André Silva realiza palestras e consultorias no mercado nacional. Também é conselheiro da Sociedade
Brasileira de Palestrantes (SBP), colunista das Revistas Empresários e Venda Mais ,além de autor do livro Vendedores de Alta Performance”.

280 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail