Propaganda

Artigos

Meios de Pagamento: Integração aumenta receita de lojistas em 32%

API da Paggcerto facilita transações para consumidor e reduz custos para lojistas com ERP conectado

Com um consumidor cada vez mais digital, o setor do e-commerce segue em crescimento. Até o final de 2019, o número de lojas virtuais deve somar 87 mil, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Para oferecer uma boa experiência para o comprador, é preciso se atentar na escolha das plataformas de pagamento em busca de rentabilidade. A API da Paggcerto (www.paggcerto.com.br) oferece ferramentas que facilitam as transações e reduzem custos, ao mesmo tempo em que possibilitam gerenciar as tarefas burocráticas por meio de um ERP integrado.

“É imprescindível dispor de uma solução multiplataforma. Não faz mais sentido ter a gestão de um lado e a de pagamento do outro, elas precisam estar juntas. Com a integração, o aumento de receita chega a mais de 30%”, afirma Arthur Barbosa, CEO da fintech sergipana.

Com um ERP conectado a uma solução de pagamento – como propõe a plataforma da Paggcerto –, é possível automatizar a cobrança no cartão de crédito e a emissão de boletos registrados, monitorar e analisar casos de inadimplência e gerenciar as faturas. Assim, os erros tendem a reduzir – por ter menos interações humanas – e há a viabilização para que o empreendedor tenha maior autonomia ao gerenciar o próprio negócio.

Quem atua com e-commerce precisa de um processo mais fluido nas vendas digitais, que agilize as conversões e fidelize o cliente. O 1-Click Buying, da startup, vai de encontro a essa necessidade, ao diminuir a taxa de abandono do carrinho. A partir de um pré-cadastro, todas as informações do consumidor são armazenadas e ele pode concluir a compra de forma rápida, em um único clique.

Enquanto há empresas que ainda adotam técnicas manuais nos sistemas de cobrança, com processos repetitivos e demorados, aquelas que investem em sistemas flexíveis com funcionalidades adequadas disparam à frente dos demais players. Um sistema antifraude integrado, por exemplo, reduz o risco de Chargeback – o cancelamento de venda realizada via cartão de crédito ou débito é um dos principais problemas para as lojas virtuais.

Dentre as funcionalidades mais utilizadas na plataforma da Paggcerto estão os pagamentos com cartão e boleto, em que se tem acesso a toda operação financeira; o Split de pagamento, ideal para marketplaces que trabalham com diferentes fornecedores no mesmo domínio; a Tokenização, que armazena os dados em um ambiente seguro e a Recorrência. Assim, as transações passam a ser mais ágeis, com facilidade para o acompanhamento dos valores a receber e não há bitributação, o que beneficia tanto o consumidor final quanto a loja.

A API da fintech foi desenvolvida para ser customizada de acordo com as necessidades das empresas e com fácil integração tanto naquelas que estão iniciando o processo de gestão quanto nas que já possuem suas próprias plataformas. Constantemente o sistema recebe otimizações para aprimorar os produtos oferecidos.

“Ao contrário do que muitos dizem, as experiências de pagamento no mundo físico não vão acabar. O que deve existir é uma espécie de ‘simbiose’ entre elas”, conta Barbosa. Como acontece, por exemplo, em grandes redes de supermercado, que já permitem o agendamento de horário no caixa para evitar filas ou lojas online que permitem retirar a mercadoria em pontos de venda.

Sobre a Paggcerto
Fintech que trabalha com soluções completas de pagamento, desde as transações com a Completinha até o sistema de gestão de pagamentos. Oriunda de Aracaju, foi a primeira empresa nordestina – fora de Pernambuco – a receber aporte do Criatec2, fundo de investimento criado pelo BNDES e BNB (Criatec) e gerido pela Bozano Investimentos. www.paggcerto.com.br.

141 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail