Propaganda

Artigos

Impactos do Cadastro Positivo e a Lei da Liberdade Econômica foram temas apresentados no último Encontro Regional do ano promovido pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo Comercial de Santos (ACS).

Impactos do Cadastro Positivo e a Lei da Liberdade Econômica foram temas apresentados no último Encontro Regional do ano promovido pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp). O evento ocorreu nesta segunda-feira (21), no auditório da Associação Comercial de Santos (ACS). Estiveram presentes deputados, presidentes e vice-presidentes das Associações Comerciais da Região Administrativa 05 (RA 05) – Litoral Paulista da Facesp, representantes do comércio e do Sebrae.

Em seu discurso, o presidente da Associação Comercial de Santos, Roberto Clemente Santini, falou sobre a importância da realização da reunião em Santos. “De pronto, permite troca de experiências e futuramente eventuais parcerias que colaborem com o desenvolvimento da nossa região”.

O presidente lembrou que foi durante uma visita à Associação Comercial de São Paulo e à Facesp que surgiu a ideia de criar em Santos a Câmara de Conciliação e Arbitragem, numa iniciativa envolvendo também a CBMAE – Câmara Brasileira de Arbitragem Empresarial.

Para Santini, os resultados têm sido extremamente positivos, representando uma nova e importante atividade para a Associação Comercial, tanto em termos de receita como de ação institucional e prestação de serviços. “Nos tornamos recentemente, também por meio da Facesp, uma Agência de Registro da área de Certificação Digital. Nós também estamos à disposição, sob a supervisão da Facesp, para dividir essa experiência e, se for o caso, atuarmos em conjunto, com a implantação de postos avançados”.

Já o vice-presidente da R-05, Elieser Braga Chagas, lembrou que o encontro foi realizado em Santos por ser logisticamente interessante. “A Facesp reuni 420 associações que estão divididas em 20 regiões. A R-05 comporta o Vale do Ribeira, o Litoral Sul e a região metropolitana da Baixada Santista. Temos as cidades mais antigas do Brasil, como São Vicente e Itanhaém. E além disso Santos, com o maior porto da América Latina. Nossa região é muito valorizada”.

Outro destaque abordado pelo vice-presidente é que as decisões tomadas a níveis de esfera federal e estadual devem ser diluídas e aplicadas pelas associações. “Essas informações são repassadas para que os presidentes, os executivos e os diretores transmitam aos seus associados. Precisamos fazer com que a economia destrave e o crescimento econômico volte a atuar”.

Cadastro Positivo

Em pouco mais de 20 minutos, o presidente da Associação Nacional dos Bureau de Credito (ANBC), Elias Antonio Sfeir, explicou que o Cadastro Positivo vai incentivar o crédito trazendo a inclusão de 22 milhões de pessoas.

De acordo com Elias, é importante ressaltar como o Cadastro Positivo vai impactar na economia e de como vai mudar o comportamento dos lojistas em relação ao consumidor. “Hoje, a consulta fornece um parâmetro de quem é devedor e de quem pode ou não consumir. O Cadastro Positivo vai dar uma explanação maior, mostrando quanto a pessoa tem de poder de compra, não só se ela pode consumir ou não”.

Ainda, segundo Elias, embora a inclusão seja automática no novo modelo, consumidores e empresas podem, a qualquer momento, solicitar a retirada dos seus dados. “A opção pela retirada das informações é legítima e está prevista na legislação. Entretanto, a saída do cadastro fará com que as instituições que concedem crédito tenham acesso a menos informações sobre o consumidor ou a empresa que retirou seus dados pessoais. Sendo assim, ao avaliar a possibilidade de concessão de empréstimos e financiamentos, essas instituições só poderão visualizar as contas que não foram pagas”.

Para finalizar, o vice-presidente da Facesp e deputado federal Marco Bertaiolli explicou que a Federação das Associações Comerciais tem reunido todas as suas entidades nas sedes regionais no Estado de São Paulo para atualizá-las sobre novas oportunidades de serviço.

“Hoje apresentamos o Cadastro Positivo. Essa nova modalidade de informação entra em vigor no Brasil e é de extrema importância que as Associações Comerciais tenham contato e saibam como funciona até para poder orientar os associados”.

Bertaiolli explicou que a Federação montou uma caravana que percorreu todo o Estado de São Paulo, com técnicos da Boa Vista. “A ideia desse encontro foi atualizar a classe empresarial sobre o que está acontecendo no Brasil que se relaciona às micro e pequenas empresas. O Cadastro Positivo é algo que tem que ser explicado e valorizado”.

Homenagem

Ao final da apresentação, o presidente da ACS, Roberto Clemente Santini, presenteou o vice-presidente da Facesp e deputado federal, Marco Bertaiolli, o deputado estadual Caio França, o vice-presidente da RA-05, Elieser Braga Chagas, o superintendente geral da Facesp, Natanael Miranda dos Anjos e presidente do Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista, Omar Adbul Assaf, com um blend especial de café moído da ACS.

Marco Bertaiolli também recebeu uma homenagem do Governo do Estado por meio do vice-presidente da RA-05, Eliseu Braga Chagas. “Na sexta-feira, tivemos no Palácio do Governo onde foi lançado pelo governador João Dória, um programa do governo que se chama Vale do Futuro. Como a Associação Comercial de Santos está repleta de representantes e empresários do Litoral Sul e do Vale, entrego dois materiais ao Bertaoilli: um é planejamento estratégico que prevê até 2030 o desenvolvimento do Vale do Ribeira e do Litoral Sul e o outro é um boné, que é um peno mimo em nome da nossa região”.

544 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail