Propaganda

Artigos

Gol venderá passagens 41% mais caras à Smiles e conta deve passar ao consumidor, diz analista

Os preços das passagens vendidas pela Gol à Smiles serão elevados em 41% a partir de 1º de janeiro de 2020. O aumento, anunciado em fato relevante enviado pela Gol ao mercado nesta sexta-feira (20), deriva do aquecimento do mercado e deve ser repassado ao consumidor, analisa especialista ouvido pelo 6 Minutos.

Explica melhor? Pedro Galdi, analista da Mirae Investimentos, lembra que a Smiles é controlada pela Gol . “Ainda que a empresa de programa de fidelidade pague mais pela passagem, o recurso continuará dentro da Gol”, diz.

Para o grupo, nada muda. Mas o cliente Smiles, que também é um cliente Gol, sentirá pelo menos uma parte desse aumento. “A oferta seguirá a demanda, que tende a acompanhar a melhora da economia do país caso ela se mantenha”, considera Galdi. Ele vê o mercado de aviação aquecido. “As outras companhias também devem aumentar os preços, inclusive nas passagens compradas em programas de fidelidade.”

Qual a exata relação entre Gol e Smiles? A Smiles é uma empresa de programa de fidelidade criada e controlada pela Gol, companhia aérea. A Gol tem parcerias internacionais, e milhas Smiles podem ser usadas na compra de passagens das companhias Air France, KLM, TAP, Copa Airlines e Emirates.

A Gol anunciou no início do mês uma proposta para incorporar a Smiles.

Como o mercado reagiu? Tanto Gol quanto Smiles são listadas na bolsa de valores de São Paulo, a B3. Às 11h30, as ações da Gol operavam em baixa de 1,69%, e as da Smiles estavam em queda de 1,12%.

O que dizem a Gol e a Smiles? O 6 Minutos questionou a Gol sobre o repasse aos consumidores, mas a empresa, por ora, não confirmou a previsão.

353 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail