Propaganda

Artigos

Empresária defende que o Brasil precisa encontrar o seu próprio caminho de inovação e não copiar outros modelos

Alessandra Lippel destaca que o Brasil possui grandes potenciais, mas que precisam ser explorados de forma adequada

Citando o futurista Alvin Tofler, Alessandra Lippel que é expert em futuro do trabalho e prototipagem rápida de projetos, diz que os analfabetos do século 21 não serão as pessoas que não sabem ler ou escrever, mas as que não têm a capacidade de aprender, desaprender e reaprender. Esse processo chama-se Life Long Learning, ou seja, o aprendizado contínuo ao longo da vida, que incentivará as pessoas a serem aprendizes por toda a vida e ao mesmo tempo assumirem as “rédeas” do jogo, tornando-se melhores empresários, freelancers e funcionários, por exemplo.

Partindo dessa premissa, a especialista faz um parênteses sobre o hábito do brasileiro querer copiar metodologias que são sucesso em outros países, ao invés de criar o seu próprio caminho de inovação, olhando para o mundo e não apenas para nosso mercado interno. Alessandra lembra que o país não ainda não conseguiu acompanhar o ritmo de desenvolvimento de países como a China e, por isso, estamos atrasados quando o assunto é o desenvolvimento e fabricação de hardware, equipamentos, carros e robótica o que é um “limão” bem azedo frente à velocidade das mudanças. Por outro lado, destaca que talvez a “limonada” para o Brasil esteja no nosso enorme potencial para assumir papeis de protagonismo em outras áreas relacionadas à criatividade e biomimética, por exemplo, algo que em sua visão deve ser muito mais explorado.

Em seus episódios no seu canal de YouTube, Limão ou Limonada, Lippel aborda diversos temas relacionados ao futuro do trabalho e as mudanças rápidas na rotina das pessoas e sua capacidade de reaprender a todo momento. Ela destaca em seus vídeos, com muito humor, que tudo o que você aprendeu ainda não é o bastante e você precisará estar em busca de conhecimento para se atualizar, mas até o fim de sua vida. Para apresentar um projeto inédito de uma das mais poderosas empresas de tecnologia do mundo a criadora de conteúdo chega a gravar um episódio mergulhada em uma banheira com peças de Lego.

“Quando uma empresa nasce na Bélgica, por exemplo, ela já nasce pensando globalmente, porque sabe que sua população é pequena para o consumo dos produtos e serviços que desenvolverá. Nesta mesma linha, o Brasil precisa enxergar as possibilidades e o grande potencial que temos para desenvolver soluções eficazes e competitivas que poderão servir ao mundo todo. Precisamos virar essa chave”, finaliza Lippel.

Afinal, você tem medo ou não do que está por vir? Você está se preparando para o futuro? Seu emprego ou profissão vão desaparecer? Quais serão os novos modelos de negócios? Como se adaptar? Alessandra tem transformado limões em limonadas, graças a sua expertise em criatividade e geração de aprendizado através do entretenimento, transformando problemas em soluções que podem ser resolvidas através da troca entre indivíduos com múltiplas potencialidades, e traça uma perspectiva sobre modelos de negócios, profissões e habilidades do profissional do futuro, a partir da sua própria experiência pessoal e profissional.

Soluções do Limão ou Limonada

Para Pessoas: O Limão ou Limonada adotou uma fórmula simples, mas poderosa. Escolher um “limão”, ou seja, uma situação desafiadora. A partir dessa definição, buscar pessoas que já transformaram esse limão em limonada, ou seja, transformaram o problema em solução e qual solução deram. A partir dessas informações, é produzido um conteúdo, workshops e palestras sobre o assunto, com o intuito de inspirar as pessoas e estimulá-las a conversar diretamente entre si, trocando suas próprias experiências e compartilhando suas “receitas de limonada”, ou seja, as soluções dadas.

Para Empresas: A plataforma desenvolve workshops utilizando a metodologia Design Sprint (prototipagem rápida) bem como, palestras e cursos in company. Transformar limões em limonadas em apenas cinco (05) dias é algo que já faz parte da rotina de Alessandra Lippel, empresária e executiva especialista em futuro do trabalho e prototipagem rápida de projetos. Através das metodologias de sprints e squads, seu trabalho traz um mix de conteúdos e consultoria, conectando pessoas e empresas em busca de soluções para os seus desafios.

O Design Sprint permite conceber, desenvolver e prototipar a solução de um problema em apenas 40 horas, através de uma imersão de cinco (05) dias, para um grupo de 10 participantes, que se reúnem em local dedicado focado em resolver um problema complexo. Os participantes incluem pessoas da equipe da organização que tem o problema e também participantes externos (experts e makers) que trazem uma perspectiva externa e habilidades práticas. O problema é dissecado, quebrado em partes, para garantir que a solução seja relevante e executável.

Serviço:

Canal Limão ou Limonada no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCliHfxzPdJDAkJvRC3LTUyg

Site Fotossíntese: http://fotossintese.co/

Site Vitamina Group: www.agenciavitamina.com

E-mail: contato@fotossintese.co – (11) 4134-0880

Sobre Alessandra Lippel

Diretora Criativa, empresária, cantora e compositora, Alessandra Lippel é um exemplo de profissional com carreira multipotencial. É especialista em futuro do trabalho e prototipagem rápida de projetos. Formada nos cursos de futurismo pela Singularity University e Friends of Tomorrow (primeiro curso de futurismo do Brasil promovido pela Aerolito) e também na metodologia de prototipagem Mesa Company. Acumula mais de 20 anos de atuação nas áreas correlatas à criatividade e tecnologia com o objetivo de catalisar impactos positivos para o mundo. Fundadora do Limão ou Limonada, Vitamina Group e Fotossíntese, Alessandra Lippel ajuda organizações a imaginarem, e materializarem o seu DNA e propósito.

934 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail