Propaganda

Artigos

Braskem pode perder listagem na Bolsa de Nova York e ação cai na B3

A Braskem informou nesta segunda-feira (13) que não conseguirá entregar no prazo os dados requeridos pelo Securities and Exchange Commission (SEC), o regulador de valores mobiliários dos Estados Unidos da América (EUA). As negociações de seus papeis na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) foram suspensas, e devem perder listagem.

Com a possibilidade da Braskem perder a listagem na Bolsa de Nova York, os papeis desvalorizam na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão): ações ordinárias ON (BRKM3): no fechamento, a queda era de 5,78% a R$ 37,50. ações preferenciais PN (BRKM5): no fechamento, a queda era de 6,99% a R$ 37,25. Na NYSE, antes da suspensão das negociações, os papeis tinham queda de 2,86% a US$ 19,71, por volta das 10h (horário de Brasília). A Braskem é controlada pelo Grupo Odebrecht, além da Petrobras (PETR3) ser grande acionista da empresa petroquímica. A química está em processo de venda para a europeia LyondellBasell. Com sede em São Paulo, a Braskem possui negociação na NYSE por meio de American Depositary Receipts (ADRs). As ADRs são definidas “como recibos de ações de empresas de fora dos EUA, negociados na Bolsa de Nova York. Assim sendo, empresas [brasileiras] que desejam entrar no mercado americano, podem se listar através dos ADRs”, conforme o economista da Suno Research, Tiago Reis.

16 visitas
Propaganda

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail